15 Plantas ideais para apartamento

Muitos possuem receio quando o assunto é plantas para interiores, seja por achar que não tem espaço ou luz suficiente. Embora estas sejam questões importantes, sempre haverá uma planta que irá se adaptar bem ao ambiente que você escolher.

Plantas dentro de casa transmitem aconchego, bem estar e trazem boas lembranças da casa da vovó, além disso, a vida e a beleza que carregam consigo são os principais motivos deste meio de decoração estar tão em alta no momento. Em apartamentos ou pequenos cômodos costuma-se cultivá-las em vasos, podendo mantê-las no chão, em cima de alguma prateleira ou até mesmo suspensa em sua parede, compondo um lindo jardim vertical. Sua variedade é tamanha que mesmo dentro de casa você poderá escolher a sua planta de acordo com o tamanho que deseja e com a luminosidade do local.

A seguir serão apresentadas algumas plantas para todos os gostos e ideais para o interior da sua casa ou apartamento, junto às suas principais características.

Foto: Pinterest

1. Violeta

Conhecida por sua cor, como já diz o nome, a violeta é uma planta com flores encantadoras, ótimas para dar um toque de cor à sua casa. Precisam ficar abrigadas do sol direto, porém serem mantidas em um local bem iluminado. São resistentes a ambientes com ar condicionado e devem estar sempre úmidas, tomando muito cuidado para não encharcá-las, pois quando isto acontece suas folhas começam a melar e ela para de se desenvolver. Uma dica é após a rega descartar a água excedente que ficou em seu pratinho e lembrar de regar diretamente a sua terra, evitando molhar suas folhas e flores.

Além disso, é importante ressaltar que suas flores caem após alguns meses, permanecendo apenas sua folhagem. Para que floresçam mais vezes ao longo do ano é necessária uma adubação periódica voltada para floração e, caso o vaso já esteja pequeno para a violeta, realizar sua troca para um vaso maior, a fim de contribuir para o seu desenvolvimento.

Foto: IStock

2. Espada / Espadinha / Lança de São Jorge

A espada de São Jorge, também conhecida como espada de Ogum, é considerada uma planta protetora que afasta o mau olhado e as energias negativas. Existem algumas variedades desta famosa planta, como: a espada de Santa Bárbara – que possui suas bordas amarelas -, a espadinha – que é como uma pequena espada de São Jorge e também pode possuir suas bordas amarelas – e a Lança de São Jorge – que como o próprio nome já diz, lembra muito uma lança.

Versatilidade é uma característica marcante desta planta que se adapta desde locais com algumas horas de sol direto a locais com pouca claridade e até ambientes internos com ar condicionado. A espada de São Jorge também é conhecida por purificar o ar, visto que promove uma boa produção de oxigênio à noite. Quando plantadas em vaso, é importante prestar atenção na drenagem do solo, pois ela não atura solos muito úmidos e aguenta curtos períodos de seca. Muito resistente e sem necessidade de grandes cuidados, a espada de São Jorge é ideal para quem quer dar vida para o interior da casa, mas ainda está aprendendo a cuidar de plantas ou para quem tem um espaço mais estreito, podendo optar entre a entre suas belas variedades.

3. Jibóia

A jibóia é uma trepadeira tropical de fácil manutenção e super adaptável. Em pequenos vasos se torna uma planta pendente ou se preferir pode guiá-la através de um tutor, ficando linda pendurada em sua varanda ou apoiada em cima de sua prateleira.

É uma planta que gosta de locais bem iluminados, podendo pegar sol direto por algumas horas ao longo do dia. Sua rega pode ser feita apenas duas vezes na semana e ela não possui problemas em se adaptar a ambientes com ar condicionado.

4. Samambaia

Esta planta clássica possui uma quantidade imensa de variedades e garanto que alguma delas vai te conquistar. Ficam lindas em jardins verticais, vasos para pendurar e até mesmo vasos compridos no chão, se tornando uma peça chave de ornamentação.

As samambaias não gostam de pegar sol diretamente em suas folhas, pois correm risco de queimar, mas um local bem iluminado indiretamente e longe de ventanias é ideal para seu desenvolvimento. Seu solo deve se manter sempre úmido e em dias mais quentes busque dar umas borrifadas com água em suas folhas para que se mantenha sempre bonita e verdinha.

Foto: Pinterest

5. Flor de maio / Flor de outubro

As flores de maio e de outubro são bastante semelhantes entre si e possuem como uma de suas principais diferenças as épocas de floração, enquanto a flor de maio tem seu principal período de floração no outono, o da flor de outubro é na primavera, como seus nomes já indicam. Suas flores possuem um belo valor ornamental assim como suas folhas, que são segmentadas e diferentes do habitual.

O solo de ambas deve ser bem drenado e mantido levemente úmido, tomando muito cuidado com o encharcamento, que pode causar o apodrecimento da planta. Elas aceitam um curto período de seca e se desenvolvem melhor em locais com boa luminosidade, podendo pegar até poucas horas de sol direto.

Flor de maio
Flor de Maio (Foto: Reprodução/jardimflordoleste.com.br)
Flor de Outubro (Foto: Reprodução/plantasonya.com.br)

6. Zamioculca

Conhecida pelo seu lindo tom de verde e pelo brilho de suas folhas, a zamioculca muitas vezes é confundida com uma planta artificial. Muito presente dentro de shoppings e galerias, ela é uma planta de simples manutenção, que não precisa de muita luminosidade e regar apenas 1 vez na semana costuma ser o suficiente.

Se você possui um cantinho na sua casa com baixa luminosidade que já tentou botar várias plantas mas nenhuma sobrevive por muito tempo, talvez esteja na hora de comprar uma zamioculca para este local. Mas lembre-se: nenhuma planta resiste à escuridão, todas elas precisam do sol para se manter e se desenvolver. Desta forma, caso o ambiente em que ela se encontre seja escuro demais é recomendado botá-la um por algumas horas no sol de 2 a 3 vezes ao longo da semana.

Foto: Instagram (@kasdiena.su.zaluma)

7. Lírio da Paz

Seja em pequenos vasos para enfeitar o centro da mesa de jantar ou grandes vasos e jardineiras, o lírio da paz preenche o espaço que lhe foi dado com vistosidade. O toque suave do branco de suas flores sobre o verde de suas folhagens a torna uma planta muito elegante e ideal para diversas situações, desde enfeitar a casa para o dia a dia, dar de presente e decorar para eventos.

Uma ótima opção para quem gosta de flores, porém só possui locais sombreados sem luz solar direta. Seu solo não pode acumular muita água, então recomenda-se um substrato mais leve e rico em nutrientes. Para se manter florida o ano inteiro o ideal é adubá-la periodicamente e pronto, você terá um lindo e florido vaso de lírio da paz.

Foto: Pixbay

8. Antúrio

Uma outra opção para quem quer cultivar plantas com “flores” em ambientes mais sombreados é o antúrio, que possui diversas cores e é de fácil adaptação. Flores foi colocada entre aspas, pois na verdade suas reais flores estão localizadas em torno da espiga e a parte que traz cor a planta é chamada de inflorescência, responsável por atrair os insetos polinizadores. Os antúrios são naturais da região tropical, sendo assim acostumados com calor e umidade, porém sem luminosidade direta em suas folhas.

O substrato utilizado deve ser leve e rico em matéria orgânica, sendo recomendado misturá-lo com parte de fibra de coco para auxiliar na drenagem do solo. É uma planta que não aprecia climas frios e deve ficar longe de locais com ar condicionado. Sua rega deve ser frequente mas sem exageros e uma dica para a manutenção de sua beleza é borrifar água em suas folhas semanalmente. Por fim, quando plantados em vasos deve-se atentar às suas raízes, se começarem a ficar aparentes será um sinal de que está na hora de uma mudança para um vaso maior para seu melhor desenvolvimento.

Foto: Casa Abril

9. Begônia

A begônia é perfeita para quem quer fugir da mesmice do verde e buscar folhagens coloridas. O verde é sempre lindo, mas ao conhecer tamanha variedade das folhagens da begônia será difícil não se apaixonar. Ideal para jardins, para a decoração do interior da sua casa e para presentes também, elas possuem flores que podem florescer diversas vezes ao longo do ano. 

É uma planta de clima quente, porém que não aprecia luz direta. No verão é necessário regar com um pouco mais de frequência, visando manter seu solo levemente úmido, enquanto nas outras estações é possível mantê-la com o solo mais seco. 

Foto: Instagram (@turiyabrechodasplantas)

10. Costela de Adão

Uma planta super em alta e muito vista em diversas estampas hoje em dia é a costela de adão. Sua beleza exuberante traz consigo resistência e adaptabilidade, sendo uma ótima opção para pequenos jardins, varandas, paredes verdes e ambientes internos.

A costela de adão não é própria para locais onde há incidência direta do sol. Seu solo deve estar sempre úmido e a adubação periódica é importante mantê-la sempre bem elegante. Ela também aprecia que molhem suas folhas a cada 15 dias mais ou menos, por ser natural do clima tropical e para retirar o acúmulo de impurezas. Seu crescimento é acelerado, então é aconselhado separar um espaço razoável para o desenvolvimento de suas folhas.

Foto: Resid ence Magazine

11. Ficus Lyrata

As folhas grandes, verdes e brilhantes do ficus lyrata encantam qualquer ambiente. Comumente encontrados dentro de shoppings e em entradas de casas, este ficus pode trazer mais elegância para a sua residência, sem maiores problemas devido a sua baixa necessidade de manutenção.

Seu solo deve estar levemente úmido, regando apenas quando a superfície estiver seca (o que é perceptível com um leve toque em sua terra). Caso suas folhas comecem a ficar amareladas na parte inferior da planta, pode ser um sinal de excesso de água, já se for na parte superior, o problema pode ser falta de água. Para cultivá-la em sol pleno ou em um local mais sombreado é necessário que faça isso aos poucos, pois o mais adequado é deixá-la em um ambiente bem iluminado e sem muita luz direta. E por fim, para manter seu lindo verde recomenda-se borrifar suas folhas quinzenalmente.

Foto: Repprodução/ estilosdeco.com

12. Maranta

Maranta é um gênero de plantas que possui uma grande variedade de espécies, com diferentes estampas e texturas, porém com características semelhantes. Algumas destas variedades são: maranta pavão, tricolor, cascavel, riscada, zebrina, Burle Marx, dentre outras que apresentam uma beleza particular.

Suas folhas sensíveis queimam quando há muita incidência solar direta, permitindo que pegue apenas o sol do amanhecer ou luminosidade indireta. Sua rega deve ser feita dia sim, dia não para seu solo estar sempre úmido e é necessário também que haja uma adubação mensal para que suas folhas não sofram com a falta de nutrientes do solo.

Foto: Instagram (@the.plant.university)

13. Pacová

Suas folhas exuberantes tornam qualquer canto da casa deslumbrante, seja na sala, cozinha ou até mesmo no banheiro. O tamanho de seu vaso vai variar de acordo o tamanho da pacová escolhida, visto que existem diversos tamanhos dela no mercado. O recomendado é comprar um tamanho um pouco maior do que o que já vem para ela ter espaço para se desenvolver, além de trocar de vaso quando perceber que o atual está apertado para ela.

Ela é considerada uma planta bastante resistente e regá-la uma vez na semana é o suficiente. Uma dica é deixar seu solo coberto com pinus ou algo semelhante a fim de manter sua umidade. Prefere ambientes bem iluminados indiretamente ou locais onde haja incidência solar apenas no início ou fim do dia. Seu solo deve ser rico em matéria orgânica e adubado quando necessário para mantê-la esbelta e saudável.

Foto; Casa Vogue

14. Peperômia

A peperômia tem se tornado cada vez mais comum em projetos de design de interiores devido a sua beleza e versatilidade, ficando lindas em vasos pendentes, jardins verticais ou em cima de uma mesa ou prateleira. Ela possui algumas diferentes espécies, como: a peperômia melancia, tricolor, marrom, variegata e, a mais comum, que é a pendente e o cuidado que se deve ter com cada uma delas é bem semelhante. 

Se desenvolvem melhor em locais bem iluminados indiretamente ou meia sombra, pegando algumas horinhas de sol direto. Seu solo deve estar levemente úmido, e sua rega deve ser mais frequente no verão. Para saber se é preciso molhar, coloque o dedo na superfície de sua terra e se estiver seco molhe, mas caso esteja úmido repita o teste no dia seguinte. O ideal é plantá-la em um solo rico em matéria orgânica, não sendo necessária muita preocupação com adubações periódicas. Além disso, as peperômias preferem seus vasos mais apertados que folgados, então não se tenha tanta pressa em trocar de vaso conforme ela for crescendo e para melhorar, ela fica ainda mais bonita cheia.

Foto: Selvva

15. Orquídea

Por fim, temos as queridinhas que não poderiam ficar de fora quando o assunto é plantas para dentro de apartamentos. Muito comum para presentear amigos e familiares, você também pode se dar este lindo presente. Com uma vasta diversidade de espécies, as orquídeas sempre encantam e chamam atenção de quem passa por elas, podendo ser um item chave para decorar a sua casa.

As orquídeas requerem um cuidado diferenciado, dito isto, seu solo tem que ser muito bem drenado, então é aconselhável que seja comprado um substrato próprio para orquídeas, que é misturado geralmente com casca de pinus, esfágno e/ou fibra de coco, visando torná-lo um substrato bem mais leve que o comum. Sua rega deve ser feita uma ou duas vezes na semana dependendo da estação e deve-se borrifar água em suas folhas para auxiliar no equilíbrio de sua umidade, evitando, assim, o ataque de pragas. Orquídeas são plantas que podem ter suas folhas queimadas quando em sol pleno, porém precisam de bastante luminosidade indireta para se desenvolver da melhor forma. Embora sua floração possa durar bastante tempo o espaço entre elas também é demorado, então uma dica é borrifa-la uma vez na semana com húmus líquido ou utilizar um adubo próprio para orquídeas, para encurtar este tempo e ela florescer algumas vezes ao longo do ano.

Foto: Pinterest

Compartilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
 
Share on twitter
 
Share on telegram
 
Share on whatsapp
 

15 Plantas ideais para apartamento

Muitos possuem receio quando o assunto é plantas para interiores, seja por achar que não tem espaço ou luz suficiente. Embora estas sejam questões importantes, sempre haverá uma planta que irá se adaptar bem ao ambiente que você escolher.

Horto Trevo Verde

Quer deixar seu jardim ainda mais bonito? Solicite já seu orçamento pelo Whatsapp!

Abrir Chat
Powered by